sábado, 22 de agosto de 2015

Opinião

O Brasil esta vivendo mais uma crise politica do que uma crise econômica. É um monte de engravatados querendo provar quem é pior que eles mesmo, preocupados com seus partidos, procurando sardinha podre para jogar no aquário, enquanto isso o povo brasileiro fica a ver navios. É claro que o povo brasileiro tem que protestar, é obvio que estão cansados de ver um tal de disse não me disse, e ninguém esta preocupado com o Brasil , onde estão as reformas politicas?
 A presidenta Dilma tem que parar de distribuir carguinhos para esses sangues sugas, tem que parar de escutar conselheiros que não entende de nada, e deixar de lado essa guerra politica e começar a governar o pais.
Não sou petista nem pmdebista ,a presidenta Dilma vai ter que pagar o pato que comprou, isso sem dúvida, mas pedir impeachment é um ato antidemocrático,Calheiros disse que a Dilma fez merda, mas quem não fez merda nesse pais? E quem vai consertar, você Renan?Se a Dilma pedir renuncia ou for impeachada, que seja, não vai melhorar nada nesse pais. a corrupção esta no sangue da politica brasileira, esta no nosso DNA, usam o estado para definir interesses próprios, isso não vai mudar. e não adianta falar em ditadura, militarismo, não adianta...isso não vai resolver o nosso problema. se querem tirar a Dilma do poder, esperem até 2018, e protestam nas urnas, tirem o PT das prefeituras, dos estados, acabem com o partido, mas não deixem que ladainhas que nascem nos berçôs de mafiosos e marginalizados obscurecer o nosso senso de julgamento democrático.


terça-feira, 14 de julho de 2015

Amor Juvenil


É verdade que me submeti ao amor, com ânsia de apaixonado tudo fiz em troca de um sorriso condescendente. Emergindo do pequeno mundo da paixão, eu quis ingresso. E ingresso custa caro: O candidato deve desde logo, aprender todo um vocabulário de palavras, de gestos, de olhares, todo um código de senhas e símbolos: a minima falha o expõe ao ridículo, e a regra do jogo em geral é implícita, devendo ser adivinhada antes de de ser conhecida, ser macaqueada antes de ser adivinhada.

O modo de aprendizado é sempre a imitação - literal, servil e sem questionamentos. O ingresso no mundo da paixão dispara a toda velocidade o motor de todos os devaneios humanos. O desejo mimético, onde o objeto não se atrai por suas qualidades intrínsecas, mas por ser simultaneamente desejado por um outro. Estar apaixonado, é receber ordem dos mais fortes, dos mais descarados, que afirma com toda sua crueza sobre a fragilidade daquele que esta cegamente apaixonado, impondo-lhe provocações e exigências antes de aceitá-lo em sua horda. A quantos ritos, a quantos protocolos, a quantas humilhações não se submete o postulante, para escapar à perceptiva aterrorizante da rejeição, do isolamento.

Descobri que, sempre os apaixonados que estão a um passo á frente na direção do pior. Mas minha maior lição foi que o caminho é feito pelos nossos próprios passos, mas a beleza da caminhada depende de quem vão conosco!






* Texto redigido em 22/06/2015.

sábado, 16 de maio de 2015

O que aconteceu conosco?

 Fui criado com princípios morais comuns:
  Quando eu era pequeno, mães, pais, professores, avós, tios, vizinhos, eram autoridades dignas de respeito e consideração. Quanto mais próximos ou mais velhos, mais afeto. Inimaginável responder de forma mal educada aos mais velhos, professores ou autoridades… Confiávamos nos adultos porque todos eram pais, mães ou familiares das crianças da nossa rua, do bairro, ou da cidade… Tínhamos medo apenas do escuro, dos sapos, dos filmes de terror… Hoje me deu uma tristeza infinita por tudo aquilo que perdemos. Por tudo o que meus netos um dia enfrentarão.
  Pelo medo no olhar das crianças, dos jovens, dos velhos e dos adultos. Direitos humanos para criminosos, deveres ilimitados para cidadãos honestos. Não levar vantagem em tudo significa ser idiota. Pagar dívidas em dia é ser tonto… Anistia para corruptos e sonegadores… O que aconteceu conosco? Professores maltratados nas salas de aula, comerciantes ameaçados por traficantes, grades em nossas janelas e portas. Que valores são esses? Automóvei
 s que valem mais que abraços, filhas querendo uma cirurgia como presente por passar de ano. Celulares nas mochilas de crianças. O que vais querer em troca de um abraço? A diversão vale mais que um diploma. Uma tela gigante vale mais que uma boa conversa. Mais vale uma maquiagem que um sorvete. Mais vale parecer do que ser… Quando eu era pequeno minha mãe me dizia: "Leva o guarda-chuva e o casaco, não tome frio para não se resfriar e não volte tarde." Hoje as mães dizem: "Cuidado com as balas perdidas e volte vivo por favor." Quando foi que tudo desapareceu ou se tornou ridículo?
  Quero arrancar as grades da minha janela para poder tocar as flores! Quero me sentar na varanda e dormir com a porta aberta nas noites de verão! Quero a honestidade como motivo de orgulho. Quero a vergonha na cara e a solidariedade. Quero a retidão de caráter, a cara limpa e o olhar olho-no-olho. Quero a esperança, a alegria, a confiança! Quero calar a boca de quem diz: “temos que estar ao nível de…”, ao falar de uma pessoa. Abaixo o “TER”, viva o “SER”. E viva o retorno da verdadeira vida, simples como a chuva, limpa como um céu de primavera, leve como a brisa da manhã!
  E definitivamente bela, como cada amanhecer. Quero ter de volta o meu mundo simples e comum. Onde existam amor, solidariedade e fraternidade como bases. Vamos voltar a ser “gente”. Construir um mundo melhor, mais justo, mais humano, onde as pessoas respeitem as pessoas. Utopia? Quem sabe?… Precisamos tentar… Quem sabe comecemos a caminhar transmitindo essa mensagem… Nossos filhos merecem e nossos netos certamente nos agradecerão!”.

sábado, 25 de abril de 2015

Quem mexeu no meu Brasil?

Com o Estado Democrático, instaurado pela Democracia de Direito em 1988, um dos pilares mais fortes que assegura o direito de justiça, garantindo os direitos fundamentais de expressar as mais diversas ideias e interagir diretamente com o estado. Em um pais que a cada dia surpreende o mundo com a mais escandalosa corrupção, desviando Milhões de reais dos cofres publico para beneficiar licitações bilionárias. Enquanto o trabalhador esta sendo desprovido de seus direitos trabalhistas assegurados pelo estado democrático, esmagado pela mais alta inflação dos últimos anos.
São inegáveis os avanços na legislação e os esforços dos tribunais  e juízes, mas devido a morosidade e barreiras indestrutíveis surge uma sociedade insatisfeita. Em razão disso surge a pergunta que não quer calar: Onde esta a verdadeira justiça, se quem deve aplica-la é o primeiro a negá-la?
Se de fato ocorresse uma justiça limpa e incorrupta não sobraria sequer um politico da atualidade para governar nosso pais. A corrupção impregnou na carne, germinou e fez se uma casa de luxuria e prostituição.
Claro que temos notado o avanço da justiça, que agora não pode mais ser negada, ja que a sujeirada esta no meio da sala. Mas até onde ela é verdadeira?
O governo é como a religião, dizem o que o povo quer ouvir, mas a verdade vem a tona cheia de meia metades que fica difícil saber em quantos pedaços cortar a pizza.
É triste dizer que o humanismo do sonho do trabalho não alienado, justamente remunerado, o lucro ilegitimo açabarcado pelos patrões, as mazelas do sistema da propriedade privada dos meios de produção, o sangue, o suor e lagrimas dos operários, a fome dos produtores e o ócio escandaloso de seus exploradores, tudo isso e muito mais compuseram um Brasil insuportável e digno de ser habitado por homens e mulheres naturalmente acomodados.

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Certezas

Não existem fim nem ponto final. Talvez não, com certeza! Posso garantir a você que ao sair por aquela porta, você vai encontrar outras portas abertas, e atrás delas, outros mundos, paisagens e possibilidades vão se abrir. Às vezes, algo aparentemente muito bom nos acontece, e acaba por nos machucar e fazer mal. Às vezes, uma coisa que pareces desconhecida pode ter consequências inesperadamente maravilhosas, acredita? É igualmente verdade dizer que nada acontece por acaso e dizer que só existe o acaso. O caso ao acaso. A grande verdade é que não existe uma receita para o amor. Não existe mandinga nem procissão. Não existe ritual nem oração. Somos nós que escolhemos como queremos viver, a escolha é nossa, o destino pouco tem a ver com isso. Sério.  Às vezes, o que precisamos está tão próximo… Debaixo do nosso nariz. Passamos, olhamos, mas não enxergamos. O segredo? Não tem segredo. É só olhar com os olhos, enxergar com a alma e apreciar com o coração. Depois é só acreditar. Amar é se jogar de um precipício sem saber se haverá alguém para segurar a gente lá embaixo. Amar é isso mesmo. É se jogar sem saber. É só deixar rolar. Deixar fluir. Se houver mudanças pelo caminho, que seja para acrescentar, e não para anular. Não esqueça os elogios que receber, esqueça as ofensas. Não perca tempo com a inveja, hoje você está por baixo, amanhã estará por cima. A estrada é longa e o tempo é curto. Não deixe de fazer nada que queira, mas tenha responsabilidade e maturidade para arcar com as consequências destas ações. Antes de fazer alguém feliz, seja você feliz primeiro. Só certifiquemos que não estamos pescando conselhos num lago de lixo, um conselho errado, uma palavra mal entendida poderá mudar drasticamente a nossa vida. A certeza do amor? Não se preocupe com ela, aos poucos trazemos essa certeza para mais perto de nós, a certeza do encontro, a certeza da continuidade, a certeza da presença, a certeza da verdade e a certeza do amor... Quando tiveres essa certeza nunca permita que o amor durma enquanto você está acordada sem saber o que fazer da vida...

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Ela e eu


Você conhece alguém, se apaixona, e todas as outras pessoas perdem a graça. Você se afasta de todos aos poucos de forma inconsciente, porque encontrou ali tudo o que mais procurava, em uma única mulher. Mas hoje cheguei trazendo dentro da mala apenas a saudade dela. No silêncio da escuridão da noite me pego apoiado no parapeito da janela olhando pra luzes dos postes e dos faróis dos carros que passam na rua. Me pego apoiado nos cotovelos pensando se ela está pensando em mim como estou pensando nela. Eu estou. Penso nos lábios vermelhos marcando meu pescoço. Penso nas suas mãos encaixadas nas minhas. Penso em nossos corpos unidos como um, de modo que caiba todo amor do mundo. O amor é um segredo a dois. Transforma tudo o que é errado em personalidade. Transforma tudo o que é certo em lembrança. O amor é coragem, só pode ser feliz quem não esconde seu rosto. O amor é incurável. Não tem como trocá-lo por nada. Esse nosso amor é assim, não precisa de explicação para compreendê-lo, não precisa temer problemas, basta nos abraçar dentro de um beijo. Estaremos nos acompanhando a vida toda. Até mesmo depois do fim. Somos inteiros sendo dois...

sábado, 5 de abril de 2014

Mas escreve aí


Mas escreve aí, na tua agenda, no teu bloco de notas, na tua memória, tanto faz: Escreve que eu vou sempre cuidar de você. Escreve que eu vou te proteger, te amar e te cuidar, quando você menos esperar uma atitude minha. Escreve que eu não vou te deixar cair, e se isso acontecer, eu vou te segurar. Não procure mais ninguém além de mim, está bem? Eu estarei contigo mesmo naqueles dias em que estiveres farto de minhas palavras bobas. Escreve, pode escrever, que a gente vai fazer mudar essa ideia de que o pra sempre não existe. Escreve que eu estarei sempre com você, longe ou perto, tanto faz. Escreve que eu sou a outra metade do seu cérebro, que eu sou a parte que te completa, eu sou o seu homem, seu anjo, sou seu. Como dizem por aí, “a tampa da minha panela, a outra metade da laranja.” Escreve que você não vai me perder, aliás, ninguém me teria, assim como você me tem. Escreve em um cantinho aí do lado da tua agenda “nunca desistir dela”. Nunca desistir da tua pequena, só tua. Escreve que sou eu que vai te fazer sorrir quando os outros só conseguem te por mais ainda pra baixo. Escreve que sou eu que vai te irritar quando você estiver brava. Escreve que eu não vivo sem você, aliás, você faz parte de mim, certo? Certo. Escreve que você é a única que me faz sorrir como ninguém, e eu amo seu sorriso, porra, amo mesmo. Escreve que sou eu que vai entender tuas atitudes, tuas crises existenciais, tuas loucuras, tuas variações de humor. Não te prometo perfeição, até porque, estou muito longe disso, mas te prometo o meu melhor, te prometo minha parte boa, minha parte que te ama. Escreve que apesar dos apesares, continuaremos pertencendo um ao outro. Escreve, pode escrever, que eu quero você aqui, pra te contar minhas piadas sem graças, e te ver rindo, só por ter ouvido minhas gargalhada. Eu quero o som da sua risada, as suas mãos nas minhas, e que quero tudo que venha de você. Eu quero nós dois dançando no meio da nossa sala, um olhando para o outro. Eu quero sorrisos entre beijos, e corações acelerados. Eu quero tanta coisa, e quero tudo com você. Escreve, escreve que é você que me completa, me concerta, e me arruma de um jeito que só você sabe. Escreve, você é a melhor parte de mim, e, eu sou o teu parafuso solto que te desconcerta de alguma forma. Escreve, eu não vou desistir de você, não vou desistir de nós. Escreve pra não esquecer de guardar aquela foto que tiramos juntos, lembra? Escreve que eu não te quero só nesses nossos momentos de alegria, pode tá frio, calor, chovendo, com um sol insuportável, pode tá de qualquer jeito, eu preciso de ti. Escreve que a gente vai dividir alegrias, tristezas, mágoas, qualquer coisa, o importante é que estejamos juntos. Escreve aí também, bem na frente, com letras garrafais: E mesmo, com todos esses meus defeitos incorrigíveis, eu te amo de uma forma que nem eu sei explicar.




Martha Medeiros